Fórum de RPG de Pokemon, Venha se Divertir.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1 em Sab Maio 09, 2015 11:35 pm

Scar Landucci

avatar
Treinador Pokémon
Treinador Pokémon

Grassland




Viridian
------
Rota-01
------

Pallet


Pokemon encontrados




Pidgey


Ratata

#2 em Qua Ago 12, 2015 7:05 pm

Nick

avatar
Treinador Pokémon
Treinador Pokémon


Rewinding the Past
O vento soprava forte naquele mesmo lugar e naquele mesmo dia. Uma manhã calma para uma esplendorosa aurora, véu que cobre e acalma nossas almas. Um jovem observava o horizonte parado, respirando o ar e contemplando a vista, uma bucólica paisagem montanhosa, que dava espaço em sua sinfonia apenas para o farfalhar do vento sobre a grama e o som dos Pokémon. Byakuran estava vazio, como se o vento o atravessasse como faz com uma peneira, não é que não sentia nada, mas sentia-se incompleto e esperançoso de logo resolvê-lo, era uma mistura de inferioridade diante desse mundo tão grande e de ansiosidade pelo que viria. Encarava o plano como se olhasse com piedade para uma mãe que acabara de perder o filho, fazendo-o de modo reflexivo.
Puxou suas mangas um pouco para trás e retirou de seu bolso aquela Pokébola que há pouco recebera do Professor Samuek Oak, estava em sua forma comprimida e pronta para ser ativada. Olhou, refletiu, encarou, pensou e concluiu: Há sempre uma segunda chance - Ainda assim respirou forte e cerrou seu punho com ela dentro, trazendo para perto de seu rosto e respirando em cima do utensílio, carregando-a com a carga com seus pensamentos. Byakuran só pode lembrar daquela enchente calamitosa, tinha apenas oito e não pode fazer nada, mas desde então essa cena vem sempre rebobinando para persegui-lo. Pobre Caterpie...
- Pode sair, Bulbasaur! - liberou o Pokémon com energia e esperança, isso não aconteceria de novo, ele não deixaria. O pequeno Pokémon tinha folhas verdes e viçosas, e era calmo e sereno como o mar, correspondendo com a personalidade de seu treinador, um parceiro perfeito, isso tudo contavam como mais e mais atenuantes.
- Bulbasaur, vamos começar agora. Espero que possamos ser amigos. - sorriu, agora mais animado ao sentir as boas vibrações emanadas do dinossauro-clorofila em miniatura. O pokémon apenas abriu a boca, como se estivesse sorrindo, ainda que cada movimento seu fosse lento, dentro do possível, para não gastar muita energia.
- Certo, vamos lá! - e então seguiu pelo resto da rota, começando a longa caminhada, que contava com trilha por todo aquele mato alto. Não seria muito difícil encontrar algum Pokémon, do contrário até que surpreendente seria, não achando nada.
Pisando na relva, alguns Pokémon se afastavam, como pequenos ratos de coloração arroxeada, nos matinhos adjacentes, outros Pokémon mais briguentos pareciam dispostos a lutar por terem sido incomodados durante sua passagem.
- Bulbasaur, está pronto? Prepare-se! - tomou a dianteira, retirando a Pokédex de seu bolso para obter mais informações da espécie:
"Pidgey, o Pokémon passarinho. Pidgey é conhecido por ter um sentido de direção muito apurado, e podendo retornar a sua casa mesmo tendo sido removido de seu lar, por mais distante que ele esteja.
- Que interessante! Bulbasaur, Comece com o Leech Seed! - solicitou. Em troca, ele ataca com Gust, devolvendo parte das sementes para o pequeno Pokémon, que por instinto, rebateu uma delas com Vine Whip e o prendeu no ataque, recuperando parte da vida perdida no super efetivo ataque anterior.
- Muito bem, Bulbasaur, você já sabe lutar? Continue! Use o Poison Powder seguido de Growth. - e assim, Pidgey revidou com um Sand Attack e Agility, puramente para aumentar suas chances de permanência de pé em campo. Infelizmente, é questão de tempo para o veneno fazer efeito ao lado de nossa sementinha sangue suga.
- Isso não vai funcionar! Use mais um Vine Whip e termine com Razor leaf! - concluiu confiante. Sua estratégia foi revidada por um simples Pokémon selvagem, a partir do momento em que o mesmo surpreendeu Bulbasaur com um Twister, impedindo as vinhas de o atacarem, e um Gust que repeliu parte do ataque. Pidgey caiu, estava fraquíssimo, era o envenenamento ao lado da semente fazendo efeito.
- Termine com um Tackle! - solicitou ao Bulbasaur que o atacou, ainda que o Pokémon estivesse muito fraco.
Pidgey desmaiara, estava muito fraco e precisava se recuperar. O que seria dele então? - Deve ter se perguntado Bulbasaur.
O jovem carregou o pequeno Pokémon ferido, junto de uma grande folha, até perto de uma árvore onde alguns Pokémon se alimentavam, era uma árvore de Oran Berry, e na cultura popular, todos sabem que um pouco de Oran Berry já fará seu Pokémon se sentir muito melhor. Então o mesmo amassou a fruta e colocou o extrato na folha, para então usá-la como um copo para o pequeno pássaro.
- Ele deve melhorar logo, vou deixá-lo aqui, para não ser incomodado. - colocou-o debaixo da raíz de uma árvore, um local úmido e ao mesmo tempo seguro, propenso a recuperá-lo mais rápido.
- Não achou que eu fosse matá-lo, achou? - sorriu para Bulbasaur, que surpreso o retribuiu, grunhindo seu nome.
- Hey, vamos para a próxima cidade, não quero que você fique cansado assim também! - abaixou-se e deu sua mão para um "high-five" com o chicote do amigo, após isso se levantou e seguiu estrada ao seu lado.

#3 em Qua Ago 12, 2015 7:38 pm

Ed

avatar
Coordenador Pokémon
Coordenador Pokémon
Bem vou fazer minha parte e avaliar, vamos aos quesitos.

Movimentação e estratégia 3
Narração 3
Coesão com base e dano conforme a regra de batalha do fórum 3
Organização do Post 3

Uma pergunta se ele estava envenenado a berry certa não seria outra?

Bem 3 Leveis ao pokémon
Classe + 1.


_________________

#4 em Qua Ago 19, 2015 10:11 pm

Gin

avatar
Admin

Inicio

  Ali está o jovem Gin, do lado de fora do Laboratório, sendo observado por alguns curiosos, afinal não é todo dia que se ver um jovem de pijama na rua. -Acho que preciso ir para casa. Disse o garoto de baixa estatura, após perceber que estava numa situação bastante constrangedora, o novo treinador corre para sua casa […]

Gin chega em sua casa e ver que sua mãe não estava ali. “Onde será que ela está? Preciso mostrar meu novo Pokémon para ela.” O jovem procura por sua mãe, entretanto ela não estava em casa, se encontrava na garagem á procura um presente de seu pai para seu filho.

  Um barulho de porta abrindo ecoa pela casa e em seguida uma voz se ouve.
- Gintoki, venha aqui agora! Apos ouvir a voz de Diana, Gin se senti aliviado e vai correndo até ela, não gostava de sair sem se despedir de sua mãe, afinal ela era a única que olhava o menino de forma gentil e agradável, Gintoki era o tipo de pessoa nada comum. Ele era inteligente, calculista, estrategista, e tinha um conhecimento de lógica extremamente avançado, o jovem já era um gênio com 6 anos de idade, nessa mesma época o mesmo conseguiu hackear o PC do Professor Carvalho descobrindo coisas nada agradáveis do gentil cientista.

-O que foi mãe? Perguntou Gin repleto de animação.


-Nada filho, só tenho um presente de seu pai para você
. Diana então retira do bolso uma pequena pokebola. -Aqui tem um Houndour Shiny que seu pai pediu que eu te entregasse.19.08.2015 Ela estende a pokebola para Gin. O jovem à pega e dá um forte abraço em sua mãe, era sua forma de agradecimento e também uma despedida[...]


Rota


  Gin se despede de sua mãe, e caminha para o seu quarto a fim de se vestir adequadamente. Escolhe uma camiseta preta simples, uma calça jeans azul e um sapato preto, além de colocar outras roupas na bolsa, caso precisasse.
Partiu em direção a rota 1 com seus dois amigos, na entrada da rota ele para e pega seu diário na bolsa. -Preciso começa a escrevê-lo, tenho que ter escrito neste diário a minha evolução, para que sirva como comparação no futuro. Então Gintoki começa a escrever[…]
Diario escreveu:1-Eu estou feliz, finalmente consegui meu Pokémon, não foi com meus 10 anos, mas o que importa
2-é que estou junto do meu amado Charmander, um jovem lagarto bem simpático. No laboratório
3-ele deu uma pequena lambidinha na palma da minha mão, foi estranho, a sua língua parecia ter
4- vários espinhos. Eu ainda estou por decidir o nome dele, não vai ser algo fácil, são várias
5-possibilidades, mas logo devo chegar a um, ou não. Também ganhei um Pokémon do meu pai, é
6-um lindo Houndour Shiny, eu ainda não o vi, quero conhecê-lo em uma batalha
7-para saber exatamente como são suas habilidades.

  O jovem então segui seu caminho pela estrada e olhando a paisagem do local, ele percebe que a mesma é uma geografia estranha, a Rota em si é formada por campos com grama alta, mas o garoto também observa que uma floresta cerca todo aquele local.

-Provavelmente esse campo foi feito pelos homens para facilita a locomoção, afinal é fácil se perde em uma floresta. Falou Gin para ele mesmo.
Enquanto tentava entende mais da geografia do local Sakata ver um Pidgey “Bem, preciso tenta ganha um novo Pokémon, e acho que será esse Pidgey, não será o mais vantajoso contra o próximo Ginásio, mas no futuro me ajudara bastante na locomoção.”


Batalha

Gintoki então pega a pequena Pokebola do Handour, que após ter seu pequeno botão apertado cresce, fica quase impossível de segurá-la.

-Vamos ver seus ataques garoto. Disse Gin enquanto pega sua Pokedex.
Você é muito bom.

  Gin guarda sua Pokedex e aponta o dedo para Pidgey. -Use o Fire Fang na asa esquerda dele e em seguida use o Smogon em seus olhos e finalize com um Roar perto da cabeça dele. O cachorrinho azulado faz suas presas entrarem em chamas, e em seguida parte para cima do pássaro que sem percebe é acertado na asa pelas labaredas das presas de Houndour[…]

  Pidgey fica sem poder fugi voando, pois sua asa havia levado demasiado dano, e se aproveitando disso Houndour abri a boca e uma enorme quantidade de fumaça sai dela e acertam os olhos de Pidgey, que fica temporariamente cego devido à quantidade de tóxicos que eram misturados na quela fumaça.

-Muito bom, agora termine com isso.

Houndour dá um grito ensurdecedor que faz Pidgey tenta fugi, mas que devido as suas debilidades no atual momento da batalha se resulta em uma fuga falha.

-Muito bom, agora use um Bite, e depois um Fire Fang novamente. Diz Gin.

  Houndour acena com a cabeça após esculta as ordens parti de novo para cima, dessa vez Pidgey usa o Gust e a rajada de vento acerta o pequeno cão e o afasta impedindo a mordida. “Não imaginei que ele revidaria, mas tenho que manter a calma, vamos ver o que acontece em seguida.” Houndour em tão começa a corre em zig-zag para esquivar das fortes rajadas de vento, e quando se aproxima do pássaro suas presas entram em chamas novamente e mais uma vez o cão azulado acerta a asa esquerda de Pidgey, que cai no chão, consciente, mas sem pode se movimentar direito.


Final


  O jovem se aproximá do debilitado passarinho e o levanta com carinho e calma, para não machucá-lo mais. -Desculpe, eu não queria machucá-lo tanto, estava só tentando ver as habilidades do meu amigo aqui. Gin passa a mão na cabeça Houndour e prossegui. -Ele é forte não é? Eu também achei, mas venha, você vai fica tão forte quanto esse meu garotão aqui, o que acha? Pidgey olha para Gin e faz piados. -Bem, acho que isso é um sim.

  Gintoki pega uma pokebola na sua bolsa e uma luz vermelha vai ate Pidgey, o sugando para pokebola. -Bem vindo Pidgey. Retorne Houndour. Sakata então guarda as pokebolas e segui pela Rota em direção a cidade.

#5 em Qua Ago 19, 2015 11:21 pm

Ed

avatar
Coordenador Pokémon
Coordenador Pokémon
Capturado


_________________

#6

Conteúdo patrocinado



Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permisos de este foro

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum